Como o próprio nome denota, a Economia Colaborativa é um movimento alternativo à economia tradicional. Por meio de aluguel de bens, pessoas arrecadam dinheiro com produtos que já possuem, mas pouco usam.

Nessa nova proposta, o acesso é mais importante que a posse. Uma vez que você pode alugar um vestido de grife para uma festa, ou um carro para um evento, ou um quarto para um final de semana pois essa é sua real necessidade, por que pagar o valor integral para comprar o bem?

Neste contexto, empresas que facilitam essas trocas têm ganhado relevância, como o Airbnb, Fleety e Tem Açúcar ?, oferecendo plataformas seguras para que os usuários possam negociar seus produtos com autonomia.

http://bit.ly/1n7R0YV